Jovem é encontrada morta com sinais de estrangulamento em Barcarena

“Ela era muito carismática, meiga, alegre. Não tinha ninguém que não gostasse dela”. É dessa forma que a jovem Luciana Alves é descrita pelas amigas que, assim como os familiares, estão em luto.

Luciana Alves foi encontrada morta, no chão da casa em que morava, no início da madrugada desta segunda-feira (5) com uma corda amarrada ao pescoço, em Vila dos Cabanos, distrito de Barcarena, nordeste paraense.

“A gente acha que foi alguém conhecido porque, dizendo a polícia pra gente, na casa dela não tinha sinal de arrombamento. O namorado dela saiu pra trabalhar e voltou no final da noite, encontrando ela no chão”, contou uma das amigas por telefone ao DOL.

DILIGÊNCIAS

De acordo com a Polícia Civil, a vítima foi estrangulada. Nenhum vizinho ouviu ou viu algo que pudesse colaborar com as investigações, mas ressaltou que, apesar das poucas informações, imagens das câmeras de segurança já foram obtidas e o próximo passo deve consistir em localizar o namorado e chamá-lo para dar início à oitiva.

(DOL)

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios