Entretenimento

Zilu Camargo entra na justiça contra Zezé Di Camargo por partilha de bens; entenda!

A empresária Zilu Camargo e o ex-marido, o cantor Zezé di Camargo, estão envolvidos em mais uma polêmica. Segundo o programa “Fofocalizando”, do SBT, que foi ao ar na última sexta-feira (8), Zilu entrou na justiça contra Zezé por conta de partilha de bens. O processo envolve ameaças e a fortuna de milhões que estão em jogo.

Em entrevista ao programa, a cantora Wanessa Camargo revelou tudo sobre a nova ação judicial envolvendo os pais: Zilu Camargo acusa Zezé di Camargo de ameaça e coação. Segundo a empresária, ela foi coagida a assinar um documento em que abria mão das empresas em que são sócios até hoje.

Wanessa Camargo afirma que a mãe pediu para que nenhum dos filhos se envolvesse nessa briga, no entanto, ao ver o seu nome sendo pronunciado na mídia se achou no direito de se pronunciar e que “acha injusto ser envolvida numa coisa quando não são fatos”.

A cantora explica que houve um acordo para que os valores fossem mais acessíveis para o seu pai, que não estava mais conseguindo pagar os valores do primeiro acordo feito com Zilu.

A nova proposta de Zilu incluiu a partilha de bens, antes não realizada, em 50% para ambas as partes e ainda pontua: “Não foi uma conversa. Foram várias conversas. Mostrando para ela [Zilu Camargo] números, documentos e mostrando o que era legal para ela. E ela concordou com isso. Depois de várias conversas, percebeu que tínhamos a razão: eu e meus irmãos. Porque seria melhor esse novo acordo e desse jeito conseguiríamos ser justos. Meu pai conseguiria arcar com isso sem se prejudicar e manter o patrimônio da família. Era o melhor caminho para se tomar e aí ela assinou o documento”, disse Wanessa.

Segundo a cantora, após o acordo aconteceram algumas situações que resultaram em uma nova ação judicial.

(Com informações do Fofocalizando/SBT)

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios