Acusado de homicídio vai à delegacia consultar antecedentes criminais e acaba preso

José é suspeito de matar o seu ex-companheiro amoroso em Castanhal em 2002

Acusado de um crime que cometeu há 15 anos em Castanhal, José Mauro Oliveira dos Santos, de 32 anos, foi preso na última segunda-feira, 30, após consultar os próprios antecedentes criminais na 20ª Seccional Urbana de Polícia Civil, em Parauapebas, no sudeste do Pará.

José é suspeito de matar o seu ex-companheiro, Carlos Alberto Sodré da Costa, com quem vivia em 2002. O homicídio teria sido com golpes de faca. A motivação do crime seria ciúme.

Testemunhas informam que José Mauro confessou o crime para algumas pessoas antes de fugir da região.

Por conta desse crime, havia um mandado de prisão preventiva expedido pela Comarca de Castanhal, para onde José deverá ser transferido.

A Polícia Civil cumpriu o mandato. Por enquanto, José Mauro está recolhido em Parauapebas, na Carceragem do Bairro Rio Verde.

Fonte: Correio de Carajás

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios