Adolescente ameaçada de morte chama a PM e ex acaba morto

A Polícia Civil de Parauapebas investiga as circunstâncias que levaram à morte de Ivan da Costa Nascimento, de 23 anos, na noite da última segunda-feira (16) no Residencial Alto Bonito. Conforme a Polícia Militar, uma guarnição foi acionada para atender ocorrência na qual Ivan estaria ameaçando de morte uma ex-companheira, de apenas 15 anos.

Quando chegaram ao local, informaram os policiais, Ivan da Costa Nascimento teria sacado um revólver calibre 32 e ameaçado também os militares, que reagiram para neutralizá-lo.

Ivan foi atingido por três disparos de arma de fogo, socorrido e levado para o Hospital Municipal de Parauapebas, onde morreu antes mesmo de receber atendimento. Segundo apurado pelo Correio de Carajás, a adolescente de 15 anos já havia procurado a Polícia Civil, na companhia da mãe, e registrado Boletim de Ocorrência por ameaça. Ivan seria resistente ao final do relacionamento.

A vítima e a mãe foram aconselhadas a acionarem a força policial caso Ivan voltasse a incomodá-la. Na noite desta segunda, conforme registrado junto à Polícia Civil, quando chegavam ao Bloco 17, onde moram, as duas avistaram Ivan e ligaram para a Polícia Militar.

Elas passaram a descrição dele e da moto em que estava. Uma guarnição foi para o local e o avistou. Ao fazer a abordagem, ele teria sacado o revólver. A arma que estaria em posse da vítima foi apreendida e apresentada na 20ª Seccional Urbana de Polícia Civil com uma munição deflagrada e duas intactas.

A moto também foi apreendida e encaminhada para a delegacia, onde familiares de Ivan estiveram e negaram que ele estivesse armado ou usasse arma normalmente.

Com informações de Correio de Carajás (Tina Santos)

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios