DestaqueRegional

Após mais de 30 horas de interrupção, tráfego na BR-158 voltou a fluir

O tráfego na Rodovia BR-158, no trecho que liga Redenção ao distrito de Casa de Tábua e a cidade de Santana do Araguaia, no sul do Pará, voltou a fluir nesta quarta-feira (28).

Era por volta das 11h30  quando homens da Empresa CFA, contratada pelo Departamento Nacional de Infraestrutura e Transporte – Dnit, chegaram para fazer o reparo e tapagem da cratera de mais de 30 metros que abriu  a pista e levou o asfalto aterro e bueiros, interrompendo o trânsito por mais de 36 horas.

De acordo com um funcionário da empresa, foram mais de 24 horas de trabalho ininterrupto de homens e maquinas para solucionar o problema. Para tapar a enorme cratera, foi necessário muito aterro e a colocação de tubos de ferros para a passagem da água.

Terminado o trabalho paliativo, as carretas, caminhões, ônibus, vans e demais de veículos de médio e pequeno porte foram autorizados a passar por sobre o aterro que será coberto com uma camada de asfalto conforme garantiu o funcionário responsável  pela obra.

A rodovia BR-158 é considerada como uma das principais rodovias do sul e sudeste do Estado do Pará, e principal portal de entrada do sul do Pará, ligando o Pará aos estados do Mato Grosso e Tocantins e o corredor de escoamento da produção de milho e soja.

Mesmo com todo esse potencial o asfalto é precário e as pontes existentes no trecho de Redenção à cidade de Vila Rica, no Estado do Mato Grosso, são verdadeiras armadilhas para motoristas e passageiros que diariamente cruzam pela via.

A cratera se formou por conta da forte chuva que caiu na segunda-feira (26) na região.

(Com informações de Dinho Santos/Correspondente Diário do Pará)

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios