Bailarina do Faustão, Erika Schneider segue dançando para manter a forma e a alegria

Beldade garante que não precisa ter jeito com a dança para praticar a atividade

Neste momento de crise sanitária tem hora que a bad bate. Para afastar a tristeza e melhorar seu dia, dançar pode ser uma opção. A bailarina do “Domingão do Faustão” Erika Schneider encontrou na dança uma aliada neste momento difícil.

“A gente que faz isso profissionalmente sabe que a dança traz inúmeros benefícios. Um deles é, assim como todos os exercícios físicos, liberar hormônios que provocam o bem-estar. Mesmo sem dançar ao vivo no ‘Domingão’, eu coloco uma música que gosto e danço. Isso me ajuda muito”, conta a modelo.

Erika diz que não precisa ter jeito com a dança para praticar a atividade. “Veja coreografias na internet. Dance de qualquer jeito. Só para você em casa. Isto vai melhorar o seu dia. Se você se entusiasmar, quem sabe, não faça aulas quando acabar a pandemia”, indica.

Sucesso nas redes sociais e no “Balé” do “Domingão do Faustão”, Erika Schneider esbanja autoconfiança e autoestima, mas nem sempre foi assim. Durante a adolescência, a bailarina sofreu bullying na escola por que a consideravam magra demais.

“Morria de vergonha de usar short ou saia. Colocava duas calças e duas blusas para ir à escola no calor de 40 graus. Me chamavam de Olívia Palito e Dumbo também, porque tinha orelha de abano”, disse a loira.

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios