Barragem se rompe próximo a Cuiabá e deixa comunidade isolada

Uma barragem de mineração se rompeu na terça-feira (1º) no município de Nossa Senhora do Livramento, localizado a cerca de 40 quilômetros (km) de Cuiabá. Com o rompimento, a comunidade de Brejal acabou ficando isolada e teve o fornecimento de energia e serviços de telefonia interrompidos.

Dois funcionários deram entrada no hospital municipal, mas sem ferimentos graves e já foram liberados. Em nota, a Secretaria Estadual de Meio Ambiente do Mato Grosso (Sema) disse estar trabalhando, em conjunto com a Agência Nacional de Mineração (ANM), para avaliar os impactos ambientais ocorridos devido o rompimento da barragem de mineração.

A barragem, que tinha 15 metros de altura e volume armazenado de mais de 582 mil metros cúbicos (m³), continha rejeitos de mineração de ouro. Em nota, a ANM disse que  a barragem é classificada como de baixo dano potencial e que a última inspeção, em 21 de setembro não detectou nenhuma anomalia. “Os extratos de inspeção regulares enviados nunca reportaram qualquer anomalia”, diz a nota.

A Sema disse que a empresa MV Mineração, responsável pela barragem, comunicou o órgão sobre o rompimento. Segundo a ANM, os técnicos da agência enviados ao local constataram que os rejeitos atingiram uma área de vegetação. Os rejeitos também derrubaram a rede de alta tensão que atende à região.

“Neste momento, uma equipe da empresa se encontra realizando as primeiras operações e a construção de uma contenção para evitar que os rejeitos avancem por uma área ainda maior. A ANM interditou e autuou o empreendimento e continua no local inspecionando a área e verificando se há outros riscos”, diz a nota da agência.

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios