Canaã dos CarajásDestaque

Canaã dos Carajás é a 2ª cidade que mais investe em saúde no Pará, aponta CFM

Canaã dos Carajás é segunda cidade, no Pará, que mais investe em saúde pública. É o que aponta levantamento do Conselho Federal de Medicina (CFM) envolvendo o valor médio destinado por habitante, anualmente, pelas prefeituras de todo o País.

O levantamento divulgado nesta ultima segunda segunda-feira (21) pelo Conselho Federal de Medicina (CFM) teve como base as chamadas Ações e Serviços Públicos de Saúde (ASPS), declaradas durante 2017 no Sistema de Informações sobre os Orçamentos Públicos em Saúde (Siops), do Ministério da Saúde. De acordo com o levantamento, o município de Canaã dos Carajás gastou R$ 1.506,82 na saúde de cada habitante durante o ano de 2017. Esse número perde apenas para Jacareacanga, onde o investimento é de R$ 1.550,05.

Entre os municípios que mais investiram recursos no Pará em 2017 aparecem: Jacareacanga R$ 1.550,05, Canaã dos Carajás R$ 1.506,82, Vitoria do Xingu R$ 1.210,83 e Parauapebas R$ 693,79. Cerca de 2.800 municípios brasileiros gastaram menos de R$ 403,37 na saúde de cada habitante durante todo o ano de 2017.

Ranking nacional

Entre os mais altos valores per capita naquele ano, estão os das duas menores cidades do País. Com apenas 839 habitantes, Borá (SP) lidera o ranking municipal, tendo aplicado R$ 2.971,92 para cada um dos 812 munícipes. Em segundo lugar, aparece Serra da Saudade (MG), cujas despesas em ações e serviços de saúde alcançaram R$ 2.764,19 por pessoa.

Na outra ponta, entre os que tiveram menor desempenho na aplicação de recursos, estão três cidades de médio e grande porte, todas situadas no estado do Pará: Cametá (R$ 67,54), Bragança (R$ 71,21) e Ananindeua (R$ 76,83).

Entre as capitais, Campo Grande (MS) assume a primeira posição, com gasto um anual de R$ 686,56 por habitante. Em segundo e terceiro lugares aparecem São Paulo (SP) e Teresina (PI), onde a gestão local desembolsou, respectivamente, R$ 656,91 e R$ 590,71 por habitante em 2017.

Em desvantagem, estão situadas Macapá (AP), com R$ 156,67; Rio Branco (AC), com R$ 214,36; além de Salvador (BA) e Belém (PA), onde os valores ficaram próximos de R$ 245 por pessoa.

 

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios