Canaã dos Carajás: Polícia faz valer o decreto do governador

A medida para que as pessoas permaneçam em suas casas no Pará e em Canaã dos Carajás iniciou na última sexta-feira (20). Equipes da polícia militar foram às ruas da cidade para garantir o cumprimento das medidas de segurança do Governo do Estado que determinam além da suspensão de quaisquer eventos que aglomerem pessoas o fechamento de bares e restaurantes a meia noite. “O 23° Batalhão da PM está em rondas constantes para evitar que esse vírus se prolifere,”reforça o Comandante do BPM, Tenente Guimarães.

As medidas também estão sendo tomadas nos hotéis da cidade. “Estamos higienizando, portas, elevadores, corrimãos, quartos. Todos os funcionários receberam álcool em gel e os hóspedes também. Aqui evitamos aglomerações.Todos os eventos foram suspensos. No restaurante nossos clientes descem a cada 30 minutos e mantemos sempre a distância necessária entre as pessoas para evitar qualquer tipo de contágio”, explicou Mikaela da Silva, recepcionista.

No centro comercial de Canaã dos Carajás, quem conseguiu comprar álcool em gel e a máscara os tornaram itens obrigatórios entre os funcionários das empresas. Para o vendedor José Vieira, todo o cuidado é necessário. A todo o instante ele higieniza as mãos. “Mantemos também distância do cliente e sugerimos entrega de peças em domicílio. É mais seguro”, afirma José.

O empresário Cleber da Costa não foge a regra. No supermercado dele os cuidados com a limpeza redobraram. Há um controle do número de clientes e todos os funcionários utilizam os item de segurança para evitar a contaminação.

Segundo o comandante da Polícia Militar em Canaã, tenente Guimarães, a partir de domingo (22) as divisas do município serão monitoradas. Ônibus intermunicipais e interestaduais com passageiros ficarão proibidos de entrar na cidade até o fim do prazo de vigência do decreto. “Não vamos dar trégua a esse vírus. Alerta total”, finaliza  Guimarães.

(Nyelsen Martins)

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios