BrasilDestaque

Ceará vive onda de ataques feitos por facções criminosas

Fortaleza, Região Metropolitana e cidades do interior do Ceará estão sendo atacadas por facções criminosas, desde a última quinta-feira (3). O motivo pode ser uma represália após a fala do novo secretário de Administração Penitenciária (SAP), Luís Mauro Albuquerque.

O governador do Ceará, Camilo Santana se posicionou através das redes sociais e disse que medidas estão sendo adotadas pelo governo do Estado.

Os ataques que estão acontecendo na capital cearense, região metropolitana e cidades do interior, estão amedrontando a população.

MEDO E REDUÇÃO DA FROTA

A frota de ônibus já foi reduzida após uma série de ataques. Os criminosos estão ateando fogo nos veículos e os que tem a maior circulação de passageiros estão sendo escoltados pela Polícia Militar.

Em um desses ataques aos coletivos, um casal de idosos, de 70 e 77 anos, sofreu ferimentos leves. Os dois foram encaminhados para uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA), e passam bem. O motorista também se feriu e foi encaminhado a um hospital particular.

Os ataques mais recorrentes foram:

Em Fortaleza:  

– Incêndio a coletivo nos bairros Edson Queiroz e Parque Santa Rosa, Barroso, Mucuripe e Bom Jardim.

– Incêndio a seis veículos em Horizonte, Região Metropolitana de Fortaleza.

– Artefato inflamável em posto de combustível em Fortaleza.

– Tiros em agência bancária.

– Danos a câmeras de videomonitoramento no bairro Barra do Ceará e Bom Jardim.

– Ataque a fotossensor no bairro Moura Brasil e Messejana.

– Ataque a semáforo no bairro Quintino Cunha.

– Ataque parcial a ônibus no bairro Bonsucesso e Serrinha, segundo o Sindiônibus.

 – Ataques a ônibus nos bairros do Castelão, Planalto Airton Senna.

– Van incendiada no Sítio São João, Grande Messejana. Um caminhão de lixo também foi incendiado e o fogo atingiu um carro pequeno.

– Ônibus de empresa de fretamento queimado no bairro Henrique Jorge.

– Ataque a concessionária no Bairro Papicu.

– Explosão de carro durante incêndio de veículos no 27º Distrito Policial.

– Tentativa de incêndio a veículos no 8º Distrito Policial.

– Agência da Caixa Econômica incendiada na Avenida Francisco Sá.

– Agência bancária do Bradesco metralhada na Avenida Pontes Vieira.

– Lotérica tem tentativa de incêndio no bairro Jardim Iracema.

– Prédio do Detran foi atacado.

– Carro com explosivos apreendido e cruzamento interditado no bairro Barra do Ceará.

– Posto de combustível atacado no bairro Jangurussu.

Região Metropolitana de Fortaleza:

– Explosão em viaduto e também um incêndio a uma Van, em Caucaia.

– Ataque a fotossensor em Caucaia.

– Agência da Caixa Econômica incendiada na Pajuçara

– Ataque contra Palácio Municipal da Prefeitura de Maracanaú

– Agência do Bradesco de Caucaia atingida por tiros

– Suspeito morto ao tentar destruir radar no Eusébio

Cidades do Interior:

– Tentativa de incêndio a veículos do 24º Distrito Policial, em Pacatuba

– Ônibus escolar incendiado em Tianguá

– Centro Cultural de Pindoretama incendiado

– Trator e caminhão incendiados em Canindé

– Ônibus escolares e caçamba incendiados em Morada Nova

Desde o início dos ataques, sete adultos e quatro adolescentes foram apreendidos, suspeitos de envolvimento nos incêndios aos ônibus e danos ao patrimônio público. Após depoimentos, outras sete pessoas foram liberadas, mas continuam sendo investigadas.

Além dos ataques à ônibus, um trecho da BR-020, em Caucaia, foi interditado após a explosão em uma das colunas do viaduto. O Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), decretou estado de emergência e afirmou que a estrutura tem risco de desabar.

Estrutura do viaduto ficou totalmente comprometida após o ataque a explosão (Foto: Alexia Vieira/Especial para O POVO)

(Com informações do Portal O Povo Online)

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios