Canaã dos CarajásCidadesDestaque

Celpa realiza semana de negociação de débitos em Canaã dos Carajás

O Objetivo principal é promover a regularização de pendências financeiras que os clientes possuam para que tenham condições de organizar o orçamento familiar e, deste modo, continuem utilizando os serviços prestados pela companhia de forma mais tranquila.

A Celpa segue até sexta-feira (9) no município de Canaã dos Carajás, sudeste do Pará, mais uma edição do projeto Negociar. A ação visa o atendimento de clientes com pendências financeiras junto à concessionária e proporciona negociações com condições flexíveis de pagamento. Os atendimentos serão realizados no salão do júri do Fórum Desembargador Cláudio Augusto Montalvão das Neves, no bairro Novo Horizonte.

“É uma preocupação constante da Celpa proporcionar outras opções para que os clientes possam solucionar suas pendências de uma maneira que caiba em seu orçamento. Constantemente fazemos mutirões de negociação em que os pagamentos são facilitados com redução de juros, multas, maior possibilidade de parcelamento, bem como ações do Projeto Negociar. Tudo para que o cliente volte a ser adimplente e utilize dos serviços da concessionária com maior tranquilidade”, avalia o executivo.

Segundo a Celpa, objetivo principal é promover a regularização de pendências financeiras que os clientes possuam para que tenham condições de organizar o orçamento familiar e, deste modo, continuem utilizando os serviços prestados pela companhia de forma mais tranquila. Além disto, com o evento, a empresa pretende fomentar a realização de negociações em processos judiciais contribuindo para a pacificação de conflitos na justiça local.

Serviço:

Projeto Negociar Celpa

Data: 05 a 09 de novembro
Local: Salão do Júri do Fórum Desembargador Cláudio Augusto Montalvão das Neves – Avenida Ipanema, s/n, Bairro Novo Horizonte, Canaã dos Carajás.

Fonte: G1 Pará

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios