DestaqueSaúde

Cerca de 70% dos brasileiros sofrem com dores de cabeça frequentes

Mal comum do dia a dia, as dores de cabeça já viraram rotina para a população brasileira. Segundo a Sociedade Brasileira de Cefaleia (SBC), cerca de 70% da população do país sofre com o problema, que afeta diretamente a qualidade de vida das pessoas.

São mais de 2 mil tipos diferentes de dores de cabeça, entre enxaquecas e cefaleias, cada uma com seus sintomas, causas e tratamentos. A neurologista Ana Paula Gomes explica as diferenças entre enxaqueca e cefaleia.

“A enxaqueca costuma ser unilateral, com dores de forte intensidade, náusea e tontura. A iluminação e o barulho podem intensificar os sintomas. Pode ser causada, principalmente, pela alimentação”, esclarece. “A cefaleia é a sensação de pressão, normalmente na região temporal. Não tem náuseas, mas pode incluir tontura e os barulhos incomodam, mas são suportáveis. É comumente causada pelo estresse do dia a dia”, continua.

MULHERES

Por questões hormonais, Gomes também explica que a enxaqueca é bem mais comum nas mulheres do que nos homens. “A principal forma de prevenção para todas as dores de cabeça é a adoção de uma alimentação saudável, atividade físicas ou lúdicas e momentos de relaxamento”, explica.

Ela destaca que ter um sono de qualidade é fundamental para a prevenção e tratamento. “Nos casos simples, como as cefaleias tensionais, um analgésico já pode resolver. Para as enxaquecas, antidepressivos e anticonvulsivos são mais recomendados”, orienta médica, ressaltando que toda medicação deve ser tomada com acompanhamento profissional.

(Arthur Medeiros/Diário do Pará)

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios