Cinco sentam hoje no banco dos réus no maior júri popular de Canaã

Eles são acusados de homicídio triplamente qualificados e juiz pediu reforço policial até na entrada da cidade

Cinco réus estão sendo julgados pelo tribunal do júri, na Comarca de Canaã dos Carajás, nesta terça-feira e quarta-feira, 02 e 03. Leison Teixeira dos Santos, Nedson Ferreira da Silva, Nelson Ferreira da Silva, Paulo César Ferreira Menezes, e Rogério Rodrigues de Oliveira, acusados de homicídio triplamente qualificado, tráfico de drogas, associação ao tráfico de drogas, corrupção de menores e posse irregular de arma de fogo sentarão no banco dos réus. O Júri ocorre no Fórum da comarca, tendo iniciado às 8 horas e será conduzido pelo juiz da Vara Criminal da Comarca, Thiago Vinicius de Melo Quedas.

Segundo denúncia feita pelo Ministério Público, no dia 16 de janeiro de 2016, os acusados estavam em uma festa em um bar e atraíram Rafael da Silva Ribeiro para um local afastado, sob o pretexto de consumirem drogas juntos. Os acusados, em companhia de um adolescente, agrediram Rafael com golpes de pedras e pauladas até a morte. O corpo de Rafael foi achado em um terreno baldio na esquina das ruas Pedro Trindade e Getúlio Vargas.

O bando agiu por vingança, segundo os autos, pois Rafael teria roubado a moto do acusado Paulo César.

Ainda segundo a denúncia, os acusados e o adolescente se dedicavam ao tráfico de drogas. Na residência onde foram presos havia um depósito, onde foram apreendidos 207,4 gramas de maconha, além de um revólver calibre 38 e munições. A denúncia diz ainda que os denunciados praticaram crime de corrupção de menores contra o adolescente, e que o denunciado Paulo César praticou crime de posse ilegal de arma de fogo.

O júri já é considerado o maior já realizado na comarca. Diante da extensão e complexidade do julgamento, houve reforço policial na entrada do município e nos arredores do fórum, além de controle do acesso do público, que está sendo feito por meio de porta com detector de metais.

Fonte: Zé Dudu

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios