DestaquePolítica

Clínica pública mostrada por candidato em propaganda na verdade é particular

O programa do último dia 10 de setembro, o candidato ao governo do estado pelo Democratas (DEM) divulgou “que manteve e ampliou o serviço de hemodiálise em Castanhal”, cidade onde mantém sua base política. No entanto, o candidato Márcio Miranda, que tem apoio do governador Simão Jatene, utiliza a imagem de uma clínica particular, a clínica de nefrologia de Castanhal que tem como uma das sócias a senhora Reneld Torres, também filiado ao DEM e candidata a vereadora de Castanhal em 2012, quando Márcio Miranda perdeu as eleições municipais em Castanhal.

Tão logo o programa eleitoral foi ao ar, vários moradores do município entraram em contato com a redação para denunciar que na verdade a empresa que presta o serviço é uma clínica particular.

A clínica de nefrologia de Castanhal recebe o dinheiro do Estado por meio de convênio para atender somente 12 pacientes do Instituto de Assistência dos Servidores do Estado do Pará (IASEP) como afirma a matéria publicada no dia primeiro de fevereiro deste ano na Agência Pará de Notícias, veículo oficial de notícias do Governo do Estado. (https://goo.gl/pcdW9z)

Não é portanto um hospital público e muito menos um programa de governo para a saúde.

O mais grave de tudo: a clínica de nefrologia de Castanhal não está de portas abertas para a população que precisa de serviço, como dar a entender a propaganda do candidato.

Os pacientes precisam ser atendidos pelo SUS depois de ser encaminhados pelas prefeituras da região. O Governo do Estado não tem nenhuma ingerência na clínica a não ser pagar pelos doze pacientes encaminhados pelo IASEP

RECLAMAÇÕES

Algumas pessoas atendidas pela clínica em sua maior parte idosas e carentes ainda denunciam as condições em que são atendidas.  Segundo elas, muitas vezes falta água para o funcionamento dos aparelhos de hemodiálise o que faz com que muitos prefiram enfrentar suas doenças em casa a ter que ir para Clínica.

A esposa do aposentado Mauricio Matos é cliente da clínica. Ele reclama da alimentação inadequada para os pacientes que necessitam da hemodiálise. “A comida aí nesta Clínica é uma verdadeira mixaria”, afirma Maurício.

Miranda recebe R$ 30 milhões do Governo do Estado

A população do município de Castanhal há anos sofre com a precariedade dos serviços de saúde. O hospital municipal e a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) têm pouca oferta de médicos e de equipamentos para uma população de cerca de 200 mil habitantes, com pacientes de agrovilas e municípios vizinhos. O resultado é demora no atendimento, equipamentos sucateados e quebrados e muita reclamação.

A Dol esteve em Castanhal e constatou o sofrimento pelo qual passam os moradores desse município do nordeste paraense.

O serviço de saúde na cidade polo do nordeste paraense é falho. Procedimentos mais complexos só podem ser encontrados em Belém que já tem umas um sistema sobrecarregado.

Essa realidade é totalmente distinta nos estabelecimentos de saúde comandados pela esposa e pelos filhos do deputado Márcio Miranda (DEM) candidato apoiado por Simão Jatene ao Governo do Estado.

Nos últimos 14 anos (entre Janeiro de 2004 e 8 de junho deste ano), como o DIÁRIO já mostrou, apenas duas empresas da área de saúde da família de Miranda receberam do Governo do Estado mais de R$ 30 milhões.

Enquanto isso, as obras do Hospital Regional de Castanhal, prometido por Jatene e seus apoiadores, se arrastam há anos, num Claro prejuízo a população da região.

Fonte: Dol

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios