Corda do Círio e Trasladação chega à cidade de Belém nesta quinta-feira, 20

O grande ícone de fé da Festa de Nazaré tem 800 metros de comprimento, 50 milímetros de diâmetro e será dividido em dois pedaços de 400 metros, um para cada romaria. O material é sisal.

Após dias na estrada, chega à capital paraense nesta quinta-feira (20) a Corda do Círio 2018, um dos principais ícones da festividade. Ela será usada nas duas maiores e mais tradicionais procissões: o Círio, que acontece na manhã do segundo domingo de outubro, e a Trasladação, que acontece na noite da véspera.

A Corda, que tem cada centímetro disputado por milhares de fiéis, foi produzida em Santa Catarina, por uma empresa, e custeada por um doador, transportada este ano pela mesma empresa do ano passado, que também doa o serviço.

O grande ícone de fé da Festa de Nazaré tem 800 metros de comprimento, 50 milímetros de diâmetro e será dividido em dois pedaços de 400 metros, um para cada romaria. O material é sisal. Durante as duas procissões, a Corda é atrelada à Berlinda com a Imagem de Nossa Senhora de Nazaré e milhares de fiéis puxam-na, dando ritmo à caminhada.

Dispositivo de atrelamento da Berlinda a corda do Círio, com imagens da transmissão da TV Liberal. — Foto: Reprodução / TV Liberal

História da Corda

A Corda passou a fazer parte do Círio em 1885, quando uma enchente da Baía do Guajará alagou a orla desde próximo ao Ver-o-Peso até as Mercês, no momento da procissão, fazendo com que a Berlinda ficasse atolada e os cavalos não conseguissem puxá-la. Os animais, então, foram desatrelados e um comerciante local emprestou uma corda para que os fiéis puxassem a Berlinda. Desde então, o símbolo foi incorporado às festividades e passou a ser um elo entre Nossa Senhora de Nazaré e os fiéis. É por isso que, quando terminam as procissões, a Corda é cortada e cada pedaço é disputado por milhões de pessoas.

Fonte:G1 Pará

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios