DestaqueNotícias

Correios vão emitir Carteira de Trabalho

Experiência será aplicada em duas agências em São Paulo

Hoje (3), o Ministério do Trabalho e os Correios lançam acordos de cooperação técnica para a emissão de Carteiras de Trabalho e Previdência Social (CTPS) em duas unidades do Estado de São Paulo, onde os trabalhadores poderão retirar o documento nas agências dos Correios em São Bernardo do Campo e Presidente Prudente, sem custos. O acordo tem o objetivo de descentralizar a emissão de carteiras de trabalho e levar o serviço para mais perto da população. Este é um projeto-piloto, ou seja, uma experiência, e a vigência é de 60 dias.

De acordo com o Ministério do Trabalho, a previsão é de que sejam emitidas mais de 530 carteiras de trabalho por mês nas duas unidades dos Correios até o dia 19 deste mês. Após a conclusão do experimento, será avaliada a possibilidade de expansão do serviço para todo o Brasil.

No Pará, ainda não há previsão para iniciar esse trabalho. Para solicitar, futuramente, o documento nos Correios, o trabalhador deverá comparecer pessoalmente a uma das agências da empresa, com os documentos exigidos por lei.

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios