DestaqueInternacionalMundo

Dependência de smartphones trará Anticristo à Terra, afirma líder religioso

O líder da igreja Ortodoxa Russa, Kirill, alertou que a dependência de smartphones e da tecnologia moderna pode trazer o anticristo à Terra.

Vários usuários reagiram à declaração do religioso com muito humor e ceticismo nas redes sociais, enquanto outros acusaram a igreja de “servir ao governo”.

Durante uma entrevista à rede de televisão estatal russa, o patriarca disse que quem usa smartphone deve ter cuidado ao utilizar a “internet móvel”, pois representa “uma oportunidade de ganhar controle global sobre a raça humana”.

“O Anticristo é a pessoa que estará à frente da internet, controlando toda a humanidade”, afirmou.

“Toda vez que você usa seu gadget (dispositivos como celulares, tablets e laptops), quer você goste ou não, quer você habilite ou não a localização, alguém pode descobrir exatamente onde você está, saber exatamente quais são seus interesses e do que você tem medo”, disse o religioso ao canal Rossiya 1.

“Você imagina o poder que estará concentrado nas mãos daqueles que ganham conhecimento sobre o que está acontecendo no mundo? Esse controle de um ponto é um presságio da vinda do Anticristo”, ressaltou Kirill.

Ele afirmou que sua igreja não é contra o “progresso tecnológico”, mas é contra desenvolvimento de um sistema que visa controlar a identidade de uma pessoa.

No entanto, nem todos os internautas estavam convencidos nas redes sociais. “A Igreja não é contra a ciência e o progresso tecnológico, mas está preocupada com a liberdade do indivíduo. Aham, claro”, brincou um usuário do Twitter.

Ver imagem no Twitter

“Sorria, o Anticristo está prestes a chegar”, tuitou outro, publicando a foto de uma mulher tirando uma selfie com Kirill e outros representantes da igreja.

Ver imagem no Twitter

(Com informações da BBC)

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios