BrasilDestaqueEntretenimentoGeral

ESTRELA DO FUNK AOS 11 ANOS, MC BRUNINHO GANHA AVAL DE CAETANO VELOSO: ‘GRANDE TALENTO’

Primeiro foi Gabriel Medina. Depois, Neymar e Gabriel Jesus. Há poucos dias, no entanto, ele recebeu a chancela de um dos ícones da MPB. Caetano Veloso, em sua página no Facebook, recomendou que seus seguidores conhecessem MC Bruninho. “Tinha vontade de pedir que ouvissem MC Bruninho, com sua afinação deliciosa, em ‘Jogo do amor’, mas acho que todo mundo já ouviu (e ouve). O eco de Olodum que há na batida também é delicioso. Grande faixa. Grande talento esse menino”, escreveu o cantor e compositor.

MC Bruninho, de 11 anos, vive uma espécie de conto de fadas há três meses desde que a música aí indicada por mano Caê caiu na internet e, por sua vez, viralizou. Já são mais de 230 milhões de visualizações no Youtube, divididas entre o clipe oficial e o áudio do que ele chama de batidão romântico.

Em entrevista por email — segundo sua produção, Bruninho não fala por telefone —, o pernambucano, criado na periferia do Recife, se emociona com a indicação de Caetano. “Fiquei muito feliz, não tinha visto a publicação dele. Aí, alguns fãs me falaram o que ele publicou. Não tem como não se emocionar com um comentário de uma lenda da MPB”, derrama-se, em retribuição, o garoto.

Nascido Richardson, ninguém sabe ao certo de onde surgiu o pseudônimo Bruninho. Mas assim ele ficou conhecido. O pai, motorista e dono de uma loja de conserto de celulares, também tem música na veia e incentivou o filho a seguir o sonho de ser cantor. E acreditou tanto na empreitada que se mudou com a família para São Paulo.

Hoje, MC Bruninho faz quatro shows a cada fim de semana, no esquema matinê, e seu instagram já é seguido por 1,6 milhão de pessoas. “Eu sempre acompanhei meu pai que é músico em Recife e tocava e cantava com ele sempre que dava”, conta ele, que cursa a sexta série do ensino fundamental: “Estudo à tarde, faço futebol e agora vou começar o inglês e as aulas de violão. Se não fosse cantor ia ser jogador de futebol”.

Por isso não é de se espantar o que aconteceu quando soube que os jogadores da seleção brasileira, em plena Copa do Mundo na Rússia, cantavam suas músicas na concentração. “Quando o Magrão (meu produtor) falou que o Neymar e o Gabriel tinham postado, eu até chorei. Porque sou fã dos dois e agora os dois são meus amigos”, diz ele, com a ingenuidade de um garoto de sua idade.

Ingenuidade que também está nas letras melosas de suas músicas. Mas aos 11 anos, dá para saber o que é amor, dor de cotovelo e afins? “Sou um cantor romântico e vou levar isso pra toda minha vida”.

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios