Estrutura de rampas na ponte Rio Moju será transformada em porto

A transformação será iniciada após a reabertura da Alça Viária, no dia 15 de dezembro

Após a reabertura da Alça Viária, a estrutura de rampas flutuantes instaladas para a travessia de veículos por balsas na área da ponte Rio Moju será transformada em um porto público. A ocasião está prevista para o dia 15 de dezembro, com a conclusão das obras de reconstrução do vão central da terceira das quatro pontes que compõem o complexo viário na Rodovia PA-483.

A estrutura foi instalada pela Secretaria de Estado de Transportes (Setran), que divulgou a data da reabertura.

A decisão visa beneficiar a população local que utiliza os rios da região para transportar açaí dos municípios do Baixo Tocantins, que abrange Abaetetuba, Acará e Moju.

No projeto elaborado pela Setran, o porto será público, sem agente de operação, apenas com segurança da Marinha e da polícia. “Além de fomentar a economia local, o porto terá caráter estratégico pra qualquer operação de manutenção das defensas da nova ponte, agilizando a chegada das equipes de reparos até o local por meio das rampas já instaladas”, detalhou o titular da secretaria, Pádua Andrade.

De acordo com o secretário, haverá um projeto de legalização para operação portuária pública, sem agentes, e a conservação ficará a cargo da Setran.

Balsas de até 1 mil toneladas e barcos de pequeno porte poderão utilizar o novo porto.

O prazo para término da obra é de quatro meses (120 dias), a contar de 15 de dezembro. O acesso será por ambas as margens do rio.

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios