EUA: ‘após os 15 dias de isolamento, decidiremos que caminho seguir’, diz Trump

Donaldo Trump disse que não se pode 'deixar' que a 'cura seja pior que o próprio problema'

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, afirmou segunda-feira, 23, que não se pode “deixar” que a “cura seja pior que o próprio problema” da pandemia do novo coronavírus. Em seguida, complementou a publicação em sua conta no Twitter: “ao fim do período de 15 dias, tomaremos uma decisão sobre qual caminho queremos seguir.”

Trata-se de uma referência à recomendação emitida oficialmente pela Casa Branca em 16 de março para que a população americana ficasse em casa durante 15 dias e ajudasse a “desacelerar a propagação do coronavírus”.

Seguindo a data em que a recomendação foi feita, o fim do período mencionado por Trump será no dia 31 de março.

O tuíte do presidente dos EUA vem à tona poucas horas depois de o Senado americano rejeitar um pacote de resgate econômico no valor de US$ 1,3 trilhão devido a discordâncias de congressistas democratas sobre os principais beneficiários dos estímulos. Uma nova votação foi agendada para esta segunda-feira às 10h45 (de Brasília).

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios