Exército abre inscrições para seleção para cargos temporários no Pará

Os salários são de R$ 6.993,00 e R$ 3.825,00 para oficial e sargento, mais gratificações. O militar temporário pode ocupar o cargo por até oito anos.

O Exército Brasileiro abriu as inscrições para seleção de militares temporários no Pará. O processo vai preencher vagas de oficiais e sargentos de saúde e técnicos de diferentes especialidades. As inscrições seguem até 15 de agosto e é gratuita. Também há vagas para o Amapá e o Maranhão.

Os interessados devem acessar o site do Comando Militar Norte, onde estão disponíveis os editais. Para as vagas de oficiais, o profissional precisa ser graduado, e para as vagas de sargentos é necessário ter pelo menos curso de nível técnico.

Os salários são de R$ 6.993,00 e R$ 3.825,00 para oficial e sargento, mais gratificações. O militar temporário pode ocupar o cargo por até oito anos, sendo o contrato renovado anualmente.

Durante o processo seletivo, o Exército Brasileiro pode não convocar todas as especialidades previstas nos editais. A efetiva contratação é condicionada à existência de vaga, de acordo com o efetivo de militares temporários da 8ª Região Militar.

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios