Governo manterá gabinete de intervenção no Rio por mais um ano

O decreto foi publicado hoje no Diário Oficial

O presidente Jair Bolsonaro prorrogou por mais um ano, até 1º de dezembro de 2021, o Gabinete de Intervenção Federal no Rio de Janeiro. Em nota, a Secretaria-Geral da Presidência explicou que a medida é necessária para a realização correta da prestação de contas e recebimento de bens e serviços que sofreram atrasos inesperados, em decorrência da pandemia de covid-19.

A previsão era de que a estrutura, que conta com militares e servidores comissionados, fosse encerrada em 1º de dezembro deste ano. O decreto de prorrogação foi publicado segunda-feira (23) no Diário Oficial da União e, de acordo com a Presidência, não causará impacto financeiro, pois os recursos já estão previstos na programação orçamentária.

A intervenção federal, que passou a gestão da segurança pública fluminense para a União, vigorou de fevereiro até dezembro de 2018. Além do envio de militares para operações em áreas com alto índice de violência, o governo federal atuou na reestruturação de procedimentos e compra de equipamentos para as polícias, bombeiros e agentes penitenciários.

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios