Helder Barbalho se posiciona contra projeto de Bolsonaro para reduzir preço da gasolina

O presidente Jair Bolsonaro publicou nas suas redes sociais que deve mandar ao congresso um projeto de lei para alterar a forma de cobrança do ICMS que incide sobre gasolina e diesel. Com isso o presidente deseja que as derrubadas de preços nas refinarias da Petrobrás cheguem mais ao consumidor.

O presidente propõe a incidência de um valor fixo de ICMS por litro e não mais sobre a média de preço cobrado nos postos.

Foto: Divulgação

O presidente criticou o modelo dizendo que os governadores “não admitem perder receita, mesmo que o preço do litro nas refinarias caia”. A ideia de Bolsonaro é que o ICMS seja cobrado sobre o litro do combustível, assim a arrecadação dos estados não aumentaria ou cairia, independentemente das variações de preços.

A proposta repercutiu e não foi bem aceita pelos governadores. De acordo com o jornal Gazeta do Povo, Helder Barbalho e outros 21 governadores se posicionaram contra a proposta de Bolsonaro. Helder e os outros governadores justificam que o ICMS é a principal fonte de receita dos estados.

GOVERNO DO PARÁ DIVULGA NOTA SOBRE ICMS DO COMBUSTÍVEL

O governo do Pará soltou nota e, junto com outros entes da federação, pede que o governo federal abra mão de PIS/CONFINS e CIDE.

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Fonte: Pará Web News.

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios