Homem é morto pela PM em Eldorado dos Carajás

Suspeito de tráfico de drogas teria atirado com espingarda na direção dos policias, segundo a PM.

Um homem foi morreu, no último domingo (1º), durante ação da Polícia Militar em Eldorado dos Carajás, sudeste do Pará. De acordo com a Polícia, Wanderson da Conceição foi baleado ao reagir à abordagem de policiais durante verificação de denúncia de tráfico de drogas.

Segundo a PM, denúncia anônima levou agentes públicos para verificar um local na rua Dom Pedro II onde entorpecentes estariam sendo comercializando. Ainda segundo a PM, assim que a viatura foi vista, duas pessoas largaram a droga e entraram em uma residência.

A Polícia disse que realizou abordagem no local, quando encontrou Wanderson, no quintal, com uma espingarda, que atirou. Ainda de acordo com a PM, os agentes revidaram e o suspeito foi atingido por dois tiros. Wanderson foi socorrido, mas acabou morrendo a caminho do hospital, segundo a PM. A segunda pessoa conseguiu fugir do local.

Na residência foram encontrados duas petecas de crack, munições calibre 22 e uma espingarda.

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios