DENÚNCIA: Hospital Municipal de Parauapebas não tem condições de atender pacientes infectados com a Covid-19, por isso Vale faz doação. Entenda!

O Hospital Municipal de Parauapebas, de acordo com relatos, não tem condições de atender pessoas que forem infectadas pelo coronavírus e desenvolverem a Covid-19, por falta de equipamentos adequados, principalmente uma Unidade de Terapia Intensiva com respirador mecânico. Por isso, a Mineradora Vale vai investir R$ 1,5 milhão na reforma do hospital municipal, para tentar resolver os graves problemas que a saúde pública vem sofrendo diariamente em Parauapebas.

A denúncia foi feita por um servidor do hospital para nossa equipe de reportagem. Ele garantiu que uma comissão de funcionários já comunicou o fato à Secretaria de Saúde do Município.

Segundo o servidor, os leitos de UTI estão todos ocupados e não há um específico para atender pessoas com a Covid-19. Se alguém contaminado for internado, além de poder ter o quadro agravado, vai ser um grande problema porque pode contaminar os outros pacientes.

“O hospital não tem respirador mecânico específico para atender infectados pelo coronavírus, pois os que tem já estão ocupados por pacientes com outras enfermidades. O governo municipal precisa fazer essa ponte, eles não podem ficar fingindo que está tudo bem, porque não está tudo bem. Não foi dado esclarecimento nenhum para a população de como vai ficar, então nós estamos com essas dificuldades aqui”, disse o servidor do hospital que não quis ser identificado.

Arquivo Portal do Carajás

A equipe de reportagem do Portal do Carajás, recebe denúncias diariamente sobre a saúde pública no município, pacientes afirmam que estão desesperados, eles sabem que a saúde pública em Parauapebas vai de mal a pior.

O Portal não conseguiu contato com o secretário de saúde para falar sobre as denúncias.

Fonte: Direto da Redação do Portal do Carajás

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios