Instituto Miguel Chamon diagnostica e trata crianças doentes em Serra Pelada

Mais de 2 mil pessoas passaram por atendimento médico ou puderam ter acesso fácil à emissão de documentos durante uma ação coordenada pelo Instituto Miguel Chamon em parceria com a Polícia Civil em Serra Pelada, distrito de Curionópolis. Após a fase áurea do local, em decorrência da corrida pelo ouro na década de 80, a comunidade hoje sobrevive em meio à dificuldade, vivendo em casas simples e sem acesso a muitos serviços.

Ciente destas dificuldades, principalmente relacionadas ao atendimento de saúde, a coordenação do Instituto Miguel Chamon levou dois caminhões da saúde móvel para o local. “Graças a Deus são mais de mil atendimentos diários com as unidades móveis de saúde do Instituto Miguel Chamon e também a estrutura da Polícia Civil que foi parceira na emissão de documentos”, comentou a representante do instituto, Mariana Chamon.

Instituto Miguel Chamon realizou atendimento à população durante dois dias

Ela destacou um cenário preocupante em relação às crianças que vivem na localidade.  “No atendimento à saúde a gente diagnosticou muita criança doente no primeiro dia e no segundo já trouxemos o pediatra para fazer esse atendimento especializado com as crianças”, destacou.

Já os mais velhos procuraram principalmente o atendimento oftalmológico e a tranquilidade de ter acesso a um par de óculos, objeto nem sempre barato e que muitas vezes está fora do orçamento de aposentados ou pensionistas. “Eu não tenho dinheiro, não tenho nem emprego, não tenho nada. Então o trabalho desse é muito bom porque teremos de graça. Mesmo que eu fosse aposentado ainda não dava pra comprar os óculos, vale a pena”, declarou José Vieira, que atualmente não possui renda.

A aposentada Maria Fernanda também compartilhou que ações desta natureza muitas vezes são a única forma que os moradores possuem de melhorarem a saúde e a qualidade de vida. “A aposentadoria não dá pra fazer o que a gente tem vontade, paga só a despesa mesmo”. Já Gildete Alves poupou o transtorno de procurar a sede do município e esperar na fila para emissão dos documentos das quatro netas. “Achei muito rápido, tiramos ontem e hoje já estamos recebendo”, comentou.

Ao lado do deputado Chamonzinho, Mariana Chamon recebe o diploma de Amiga da Polícia Civil

A delegada Claudilene Maia, que coordena a atividade da Polícia Civil durante a ação, entregou um diploma de amiga da instituição à Mariana Chamon, como homenagem pelo trabalho que o Instituto Miguel Chamon vem desempenhando em Curionópolis e região.

Fonte: Correio de Carajás (Luciana Marschall e Adersen Arantes)

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios