Integrantes do MST tentam invadir propriedade rural mas são expulsos a bala

Na revista ao acampamento, os seguranças encontraram 12 motocicletas, um carro e uma espingarda calibre 20 que, foram deixados para trás durante a fuga

O conflito aconteceu neste domingo (2), na região da Fazenda Marajaí, localizada a cerca de 30 quilômetros de Canaã dos Carajás. Segundo relatos, os seguranças da fazenda se  preparavam para a troca de turno quando notaram um acampamento montado por integrantes do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem-Terra (MST), em meio à propriedade.

Os funcionários não souberam precisar o número de invasores, mas, na polícia, contaram que, ao constatar a movimentação, os invasores dispararam algumas vezes contra o carro dos vigilantes que, em uma reação rápida, não revidaram no primeiro momento. Seguiram em busca de reforços para retirar os invasores. Pouco tempo depois, os funcionários retornaram ao local, já acompanhados de outros seguranças. Houve troca de tiros e os invasores deixaram o local.

Ainda não se sabe há quanto tempo o acampamento estava montado dentro da fazenda. Na revista ao local, os seguranças e encontraram 12 motocicletas, um carro e uma espingarda calibre 20, deixados para trás durante a fuga. No confronto, nenhum funcionário da fazenda se feriu, apenas a porta do motorista do carro em que estavam foi atingida por um único disparo.

Quando tudo se acalmou, três pessoas ligadas ao grupo retornaram ao local para recuperar os objetos. Segundos eles, um homem conhecido como “Loirinho” foi o responsável pelos disparos. Os três integrantes do movimento foram conduzidos à sede da Polícia Civil de Canaã dos Carajás onde foram interrogados, com a fuga, os demais membros não foram identificados.

Fonte: Zé Dudu

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios