BrasilDestaqueGeralNotícias

Irritados com choro de bebê, ladrões matam a mãe da criança durante assalto

O choro de uma criança de 2 anos resultou na morte da mãe da menina, a empresária, de 37 anos, Shirley Gonçalves da Silva. Tudo começou quando alguns criminosos entraram na casa da vítima, na última quinta-feira (04), e iniciaram um assalto. O crime ocorreu em Aparecida de Goiânia, na Região Metropolitana da capital.

No momento em que os ladrões pediram a chave do cofre, a criança começou a chorar, e segundos depois, os criminosos dispararam contra a mulher. Um primo da vítima lamentou o ocorrido: “A Shirley era uma menina muito humilde, uma menina muito trabalhadora, trabalhava de domingo a domingo. ‘Supermãe’. Pessoa muito alegre, muito carinhosa, família, entendeu? Eles tiraram a vida de uma pessoa linda, maravilhosa”.

Além do bebê, estavam dentro do imóvel o marido e o outro filho do casal. A família tinha saído para jantar e, ao retornar para a residência, foram surpreendidos pelos ladrões, que já estavam no local. Até o momento, ninguém foi preso e ainda não se sabe se os suspeitos sabiam a respeito do cofre.

(Com informações do Notícias ao Minuto)

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios