Jatene triplicou patrimônio em quatro anos de governo

O governador Simão Jatene conseguiu triplicar seu patrimônio nos quatro primeiros anos de governo. A evolução patrimonial de Jatene, registrada entre 2010 e 2014, foi destaque de matéria do site Contas Abertas, associação criada em 2005 para contribuir com o controle social sobre os orçamentos públicos. Os dados mostram que o governador paraense declarou à justiça eleitoral em 2010 ter patrimônio registrado de R$ 1,1 milhões. Em 2014 já havia evoluído para R$ 3,2 milhões. Após oito anos, ou seja, em 2018, é impossível saber qual foi a evolução de sua riqueza, já que Jatene desistiu de concorrer a qualquer cargo público, não sendo assim obrigado a declarar publicamente seu patrimônio.

A declaração de 2010 de Simão Jatene informava que ele possuía, em bens imóveis, um terreno com uma casa construída em São Caetano de Odivelas, no valor de R$ 110 mil; 3 salas comerciais em Belém no valor total de R$ 130 mil; um terreno edificado com casa (sem revelar a localização) no valor de R$ 58 mil; um apartamento no Edifício Xavante, em Belém, no valor de R$ 45 mil; um apartamento no edifício Francisco Barbosa, em Belém, no valor de R$ 98 mil.

Na declaração de 2014, além dos imóveis listados em 2010, o governador tornou-se um benfeitor, registrando o valor de R$ 135 mil em “benfeitorias realizadas no apartamento Montvert de Ana Maria Chaves da Cunha Jatene”. No mesmo registro patrimonial ele declarou ter se tornado proprietário desse imóvel, de nº 2202, do Edifício Montvert, localizado na rua Cônego Jeronimo Pimentel, nº 369, a partir da união com Ana Maria Chaves da Cunha Jatene. O valor do imóvel: R$ 950 mil.

APARTAMENTOS

Ele adquiriu e declarou pagamento de parcela no valor de R$ 243 mil, do apartamento nº 2102 do Edifício Sunset Boulevard, localizado na avenida Doca de Souza Franco, no Umarizal, com vista total para a baia, cujo valor final pode chegar a 1 milhão de reais, por estar no pavimento mais alto da edificação, o que soma, além do que está declarado em seu patrimônio imóvel, pelo menos mais R$ 600 mil reais, elevando o enriquecimento de Simão Jatene para R$ 3,8 milhões. O governador comprou também um terreno em Icoaraci, no valor de R$ 140 mil.

Declarou, ainda, ter recebido empréstimo da filha, Izabela Jatene de Souza no valor de 100 mil reais. O filho, Beto Jatene também ajudou o pai, emprestando 150 mil. Recebeu empréstimo também de Rafhael Andre Cunha Crestian no valor de 180 mil reais. E tem mais: comprou uma lancha modelo Zeta 260, com 2 motores marca Evinrude 150 HP cada, no valor de R$ 137 mil, além de jet sky, joias, objetos de arte, além de fazer investimentos e aplicações. Finalmente conseguiu, graças à ajuda da ex-mulher, Ana Jatene, adquirir cotas de capital da empresa Paracuri Comércio de Gás Ltda (CNPJ 10.340.559/0001-14) equivalente a 66,66% no valor de R$ 46.662,00.

O talento para o enriquecimento de Simão Jatene foi tamanho que conseguiu se destacar no ranking dos que mais enriqueceram no exercício do cargo em terceiro lugar, segundo informou o site Contas Abertas. O ex-governador de Goiás, Marconi Perillo, do PSDB ficou em primeiro lugar. O ex-governador chegou a 2014 com um patrimônio de R$ 7,5 milhões, o equivalente a 2,3 vezes o patrimônio que detinha apenas quatro anos antes. A relação de três governadores que mais enriqueceram no período do mandato é completada pelo ex-governador Beto Richa, que, assim como Perillo, renunciou ao cargo para disputar uma vaga no Senado em 2018. Os três, por coincidência, são do PSDB.

(Luiza Mello/Brasília)

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios