DestaqueParauapebas

LUTO: Após dias de buscas, corpo de Lenilda Andrade, moradora de Parauapebas é encontrado em Brumadinho, MG

O corpo de Lenilda Andrade que estava desaparecida, em Brumadinho, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, MG.  Foi encontrado no último sábado (2), Lenilda, desapareceu após o rompimento da barragem   mina Córrego do Feijão.

Após vários dias  de buscas, a equipe de resgate em Brumadinho, conseguiu localizar o corpo de Lenilda, segundo informações, o pai de Lenilda fez o exame de DNA, para identificar o corpo, no IML em Belo Horizonte.

Segundo informações da família, o corpo será cremado em Minas Gerais, e trazido as cinzas para Parauapebas.

Lenilda Andrade era moradora de  Parauapebas,  a vítima era funcionária da Vale  e foi transferida para Brumadinho, onde trabalhou  por vários anos.

A tragédia aconteceu no último dia  25 de janeiro, e muitas pessoas ainda estão desaparecidas. Questionado sobre a chance de haver algum sobrevivente, a assessoria do Corpo de Bombeiros afirmou que “Sempre há esperança. O CBMMG continua em buscas”.

A força da lama que desceu da Barragem chegou a torcer um vagão de trem que estava no local. o edifício do refeitório com dois andares está totalmente coberto pela lama.

Segundo informações da família, Lenilda Andrade, tinha 36 anos de idade e deixa um filho de 18 anos.

Em nota, a Vale informou que está disponibilizando assistência e auxílio funeral para as famílias das pessoas mortas pelo rompimento da barragem I da Mina do Córrego do Feijão, sejam empregados próprios, prestadores de serviço ou comunidade.

 Neste momento de dor queremos deixar nossos profundos e sinceros sentimentos a uma família muito especial que acaba de perder alguém muito querida. A todos vocês desejamos que tenham muita força para ultrapassar este acontecimento trágico e inesperado. Equipe do Portal do Carajás.

 

Fonte: Direto da Redação do Portal do Carajás

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios