BrasilDestaquePará

Ministério da Justiça prorroga uso da Força Nacional em terra indígena no sudoeste do Pará

Uma portaria do Ministério da Justiça prorrogou por mais 180 dias o emprego da Força Nacional nas ações de segurança e no processo de retirada de invasores da Terra Indígena Apyterewa, no sudoeste do Pará.

O pedido foi feito pelo presidente da Fundação Nacional do Índio (Funai). As tropas já atuam na área desde 2017.

Em janeiro de 2017, homens da Força Nacional e do Exército desembarcaram em Ourilândia do Norte para trabalhar na operação de retirada de famílias que ocupam a reserva indígena Apyterewa, em São Félix do Xingu.

A retirada dessas pessoas foi determinada através de um decreto presidencial desde abril de 2007. Segundo a prefeitura do município, mais de 2 mil pessoas vivem em áreas que ficam dentro da reserva e existe inclusive o assentamento São Francisco, com 200 pessoas, que não teriam para onde ir.

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios