Regional

MP pede afastamento de delegado filiado a partido político em Jacundá, no Pará

O delegado deve ser afastado durante o período eleitoral. Segundo o Ministério Público, a filiação do delegado poderia interferir na apuração de crimes eleitorais no município.

O Ministério Público do Pará (MPPA) propôs ação cautelar solicitando o afastamento temporário do delegado de Polícia Civil de Jacundá, Sérgio Máximo dos Santos, durante o período eleitoral. Segundo o MP, o delgado é presidente do diretório municipal do partido Podemos e poderia interferir na apuração de crimes eleitorais no município. O G1tenta contato com o partido e com o delegado, mas ainda não obteve retorno.

O pedido foi registrado pela promotoria da 69ª Zona Eleitoral do município. O MP disse que interrogou o delegado sobre o caso. Em resposta, Sérgio alegou estar na função há muito tempo e que sempre agiu de maneira imparcial. Após o interrogatório, foi requerido o afastamento.

Segundo o MPPA, afastar o delegado é necessário para manter a apuração de crimes eleitorais de maneira imparcial. No processo, foi anexada cópia de vídeo do delegado em um ato político nas eleições de 2016, além da certidão de filiação partidária atualizada.

O pedido do Ministério Público também exige que o delegado seja proibido de frequentar as dependências da unidade policial, assim como ter acesso aos procedimentos policiais.

Fonte: G1 Pará

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios