DestaqueGeralPará

Mulher é espancada e violentada pelo ex-marido na frente do filho de 3 anos no Pará

Cristiane Pereira foi espancada e violentada pelo ex-marido na comunidade Cuieira, em Porto de Moz. O caso ocorreu na última segunda-feira (17), mas só veio à tona nesta sexta-feira (21).

Segundo informações, Cristiane estava indo visitar o filho de apenas três anos, que vive com o ex-marido, quando foi recebida com xingamentos. Ela pediu para ver a criança, mas foi ameaçada de morte.

Amedrontada, Cristiane correu para onde o filho estava e ficou mais aliviada ao ouvir o ex-marido dizendo que ia sair para beber. Ela ficou na companhia do menino, mas no final da tarde foi surpreendida por Marivaldo Moraes de Brito, que voltou para casa embriagado.

A vítima foi espancada e sofre uma tentativa de afogamento. Como a casa fica na beira do rio, o agressor agarrou Cristiane pelos cabelos e a empurrou em direção a água.

Cristiane lembra que ao gritar por socorro, ouviu um vizinho dizer: “mata ela, mata que a gente enterra”. A vítima teve a roupa rasgada e foi obrigada a deitar na cama. Ela conta que o ex-marido pegou um pincel marcador e começou a fazer riscos em seu corpo dizendo: “De hoje tu não escapa, mas antes disso eu vou fazer mais uma coisa”. Marivaldo abaixou as calças e obrigou a ex-mulher fazer sexo oral nele.

A vítima fugiu em seguida e pediu ajuda para uma embarcação que passava pelo local. Ela agora pede por Justiça, já que o agressor teria sumido com a criança.

Fonte: (Com informações de Karina Pinto/Porto de Moz)

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios