Nova fase da Lava Jato mira irregularidades em contratos de R$ 6 bilhões de afretamento de navios

A Polícia Federal deflagrou na manhã de hoje, 18, a 70ª fase da Operação Lava Jato para cumprir 12 mandados de busca e apreensão. A investigação apura suspeita de que três empresas tenham conseguido informações privilegiadas e se beneficiado em ao menos 200 contratos de afretamento de navios celebrados pela Petrobras que somam mais de R$ 6 bilhões.

Os mandados de busca e apreensão foram expedidos para as seguintes cidades:

  • São Paulo (SP)– 1
  • Rio de Janeiro (RJ) – 10
  • Niterói (RJ) – 1

Segundo a PF, esta nova etapa é continuidade de investigações que remontam o começo da Lava Jato, em 2014. São apurados os crimes de corrupção de agentes públicos, organização criminosa e lavagem de dinheiro. As irregularidades são de responsabilidade da Diretoria de Abastecimento, de acordo com a PF.

Esta fase foi batizada de “Óbolo”. Cerca de 50 policiais federais participam da ação.

Empresas alvos

Quatro empresas são alvos das buscas desta quarta-feira. São elas: Maersk, Tide Maritime, Ferchem e Gandra Brokerage, conforme a RPC apurou.

Até por volta de 9h30, o G1 não havia conseguido contato com as empresas citadas e com a Petrobras.

Suspeitas

A suspeita da PF é de que as empresas foram beneficiadas com informações privilegiadas da programação de contratação de navios utilizados para transporte marítimo de petróleo e derivados da Petrobras.

Dessa maneira, tiveram vantagem competitiva na captação dos negócios. De acordo com a PF, há evidências de pagamentos de propina a funcionários da Petrobras.

Fonte: globo.com

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios