Operação Vulcão destrói mais de 4 mil armas de fogo no Pará

Armamento é resultado de apreensões feitas pelas forças de segurança, conclusão de processos judiciais, doações voluntárias e inutilização pelas Forças Armadas.

Mais de quatro mil armas de fogo e três mil armas brancas devem ser destruídas nesta terça-feira (6) durante a Operação Vulcão, realizada pelo Exército, Conselho Nacional de Justiça e Tribunais de Justiça do Pará e Amapá. A operação conta com o apoio das polícias Militar e Rodoviária Federal.

Todo o armamento é resultado de apreensões feitas pelas forças de segurança, conclusão de processos judiciais, doações voluntárias e inutilização pelas Forças Armadas.

A carga será transportada para Marabá por uma equipe de mais de cem militares. O destino são os fornos da siderúrgica Norte Brasil. A ação pretende evitar que os armamentos sejam usados pela criminalidade e contribua para a redução da violência com armas de fogo.

Fonte: G1 Pará

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios