Pará é campeão de internações por AVC no Norte do país

Estado soma mais de 60% dos casos registrados na região, segundo o Ministério da Saúde

Quatro em cada dez brasileiros adultos, o que corresponde a 60 milhões de pessoas ou 40% da população, estão com níveis de colesterol elevado. De acordo com dados do Ministério da Saúde, 60% da população brasileira apresenta índices acima de 130mg/dL ou 160mg/dL. O colesterol alterado no organismo pode ocasionar diversos problemas de saúde, como o Acidente Vascular Cerebral (AVC). No cenário nacional, o Pará é campeão de internações por de AVC na região Norte, com mais de 60% dos casos registrados na região. Até junho de 2018, o Estado havia registrado o maior número de internações por complicações do AVC no Norte do país, somando quase dois mil casos.

Além do AVC, o colesterol alto está entre os quatro principais fatores de riscos às doenças do coração que levam ao infarto agudo do miocárdio, popularmente conhecido como “ataque cardíaco”. Vale ressaltar, ainda, que as doenças cardíacas são a causa das mortes de quase 17 milhões de pessoas em todo o mundo, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), juntamente com a hipertensão, o diabetes e o tabagismo.

Nesta Semana Nacional de Combate ao Colesterol, pesquisa realizada pela Sociedade Brasileira de Cardiologia (SBC), com base em levantamento feito e divulgado no ano passado, revela ainda que pelo menos 11% dos brasileiros nunca fez exame de colesterol e quase 70% só realizou o exame após os 45 anos. O levantamento foi feito com 850 pessoas de todo o Brasil.

Há cerca de dois anos, Sara Mascarenhas, 17 anos, estudante do 3º ano do Ensino Médio, descobriu que tem colesterol alto adquirido pela genética. “Praticamente toda minha família por parte de mãe tem colesterol alto. Desde os 13 anos, eu sentia dores na cabeça, vômitos e enjoos, fui ao médico e confirmou que tenho o problema e é genético. Não faço medicação, mas tenho que manter os cuidados com alimentação para ser mais saudável. O mais difícil é ter que evitar frituras e gorduras. Mas evito mesmo, porque tenho medo de ter AVC, pois meu tio e minha avó já tiveram”, conta a estudante, que também tenta controlar o colesterol com a realização de exercícios físicos.

O Liberal

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios