Paraense suspeito de mandar matar namorada em Santa Izabel é preso no Paraguai

Diego Sá Guimarães da Silva, suspeito de ser o mandante da morte de Kalícia Drienne dos Santos Almeida, em 18 de setembro, foi preso no Paraguai na manhã desta sexta-feira (09), na Ciudad Del Leste.

Os agentes do Departamento de Investigação de Crimes foram os responsáveis pela prisão após serem alertados por fonte sobre a presença de Diego aos arredores do Lago da República, na cidade hermana.

O acusado foi monitorado até que ocorreu sua prisão. Ele foi transferido para o Escritório de Investigação Criminal, onde foi verificado seus dados pessoais com a Polícia Civil do Brasil.

O CASO

O crime ocorreu no km 06, da PA 140, em Santa Izabel, região metropolitana de Belém.

De acordo com o Ministério Público, Diego estacionou um veículo por ele alugado em uma rua próxima de onde estava Kalícia. Dentro do automóvel estava Rodolfo Monteiro, apontado como autor dos disparos de arma de fogo que tiraram a vida de Kalícia e atingiram Jefferson Pereira Reis, que havia pegado carona com a vítima.

Kalícia Drienne Almeida Rodrigues, tinha 27 anos, e era vendedora de Herbalife. A jovem foi morta com pelo menos três tiros.

Diego Sá Guimarães da Silva (Foto: Divulgação)

Rodolfo foi preso em flagrante horas depois do crime. No depoimento, ele confessou a participação no crime e descreveu detalhes da ação e delatou o coautor.

As investigações concluíram que Diego pagou R$ 1.200,00 a Rodolfo.

Fonte: (DOL com informações do Noticde)

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios