DestaqueEsportes

Paragominas e Remo ficam no empate em jogo movimentado na Arena do Município Verde

Jacaré e Leão fizeram um grande duelo em Paragominas com direito a golaço de bicicleta

Paragominas e Remo ficaram no empate na noite desta última quinta-feira (21), na Arena do Município Verde, em Paragominas, pela 5ª rodada do Campeonato Paraense de 2019. Jacaré do Norte e Leão Azul fizeram um jogo movimentado e acabaram empatando em 1 a 1. Com o resultado, o Remo segue líder do Grupo A1 com 10 pontos, enquanto que o Paragominas assumiu a segunda posição do Grupo A2, também com 10 pontos.

Os dois gols da partida foram marcados ainda no primeiro tempo. O Remo abriu o placar após cobrança de escanteio de Echeverría, o zagueiro Kevem acertou uma linda bicicleta, aos 23 minutos. O Paragominas não desistiu e chegou ao empate quando Michel cobrou falta da direita, a bola ainda tocou no jogador remista Diogo Sodré e matou o goleiro Vinícius, aos 41 minutos.

O jogo: Jacaré 1 x 1 Leão – Tudo igual na Arena do Município Verde!

Precisando se reabilitar no Parazão, o Remo começou em cima. Echeverría lançou bola na área e o goleiro Paulo Rafael saiu de soco afastando o perigo. Novamente o Leão Azul chegou com Djalma, que cruzou da direita e o atacante Emerson Carioca tentou marcar de peixinho, mas passou lotado. O Paragominas acordou quando Michel cruzou na área e o meia Felipinho mandou um sem-pulo, a bola passou assustando o goleiro Vinícius, que só olhou a redonda passar.

O Remo respondeu rapidamente em uma bola alçada na área, o atacante Henrique subiu de cabeça para a boa defesa do goleiro Paulo Rafael, que salvou o Jacaré. O PFC tentou marcar com Michel, que disparou um chute venenoso, o goleiro Vinícius espalmou e a zaga remista fez o corte. Os azulinos chegaram com Henrique em um contra-ataque, se livrou da marcação e chutou, o goleiro Paulo Rafael defendeu bem, quase o primeiro do Leão na partida.

Em uma falta pela esquerda, Echeverría cobrou mal por baixo e a zaga do Paragominas conseguiu cortar. O Leão conseguiu marcar o primeiro. Echeverría cobrou escanteio, a zaga não cortou e Kevem acertou uma linda bicicleta e marcou um golaço, aos 23 minutos, 1 a 0 Remo, para a festa do Fenômeno Azul. O PFC não sentiu o golaço e tentou o empate. Michel cobrou falta sem muita força e a defesa remista afastou.

O volante Otávio do Jacaré carregou bem a bola e foi derrubado quase dentro da área, a turma do PFC pediu pênalti, mas o árbitro Andrey da Silva e Silva marcou fora da área. Na cobrança da falta, Michel acertou na barreira azulina. Logo depois, Otávio deu caneta em Kevem e chutou de três dedos, a bola passou muito perto da meta de Vinícius. Jack Chan recebeu bem pela esquerda e tentou cruzar, mas pegou mal na bola perdendo uma boa chance para o time da casa.

O Jacaré conseguiu o gol de empate. Michel cobrou falta, a barreira do Remo abriu e a bola tocou no meio do caminho no jogador Diogo Sodré do Leão, no travessão e foi para o barbante, aos 41 minutos, 1 a 1. O meia Echeverría tentou surpreender o goleiro Paulo Rafael em um chutaço de fora da área, a bola passou perto. O Paragominas começou bem o 2° tempo, com o atacante Jack Chan tentando marcar após duas tentativas, na terceira, o goleiro Vinícius salvou o Leão e na sobra a zaga remista cometeu falta no mesmo Jack Chan.

Em uma bola alçada na área remista, Wilker cabeceou para a defesa do goleiro Vinícius. O lance polêmico do jogo aconteceu quando Jack Chan entrou na área e foi tocado pelo zagueiro Kevem do Remo, o time e a torcida do PFC pediram pênalti, mas o árbitro Andrey da Silva e Silva mandou seguir. No minuto seguinte, Emerson Carioca mandou um chutaço da entrada da área e quase marcou o segundo gol do Leão.

O Paragominas teve a chance na bola parada. Michel cobrou falta e Wilker desviou de cabeça e mandou a bola para fora. O Jacaré começou a tocar a bola e envolver o Leão. Jack Chan tabelou com Felipinho, o meia mandou para a área e Kevem cortou o perigo que rondava a meta azulina. Em uma bola na área, Wilker pegou a sobra e disparou, a zaga do Remo desviou para escanteio.

Jack Chan cobrou uma falta de longa distância, o goleiro Vinícius espalmou e salvou o Remo de levar o segundo. O Leão quase marcou quando Djalma avançou e cruzou para a cabeçada do atacante Emerson Carioca, a bola passou por cima da meta de Paulo Rafael. Em uma bola alçada da esquerda na área remista, o atacante Jack Chan e o goleiro Vinícius trombaram e ambos ficaram no chão.

Em um chute despretensioso, Michel mandou da direita e o goleiro Vinícius salvou o Leão Azul da derrota no finalzinho. Placar final: Paragominas 1 x 1 Remo.

FICHA TÉCNICA

PARAGOMINAS: Paulo Rafael; Michel, Yan, Renan e Marcus Vinícius; Otávio, Kaíque, Bené (Bilau) e Felipinho; Wilker (Elton) e Jack Chan. Técnico: Samuel Cândido

REMO: Vinícius; Djalma, Kevem, Rafael Jansen e Tiago Félix; Robson (Diogo Sodré), Welton (Samuel) e Echeverría; Gustavo Ramos, Henrique (Laílson) e Emerson Carioca. Técnico: João Neto

Árbitro: Andrey da Silva e Silva

Assistentes: Nayara Lucena Soares e Jhonathan Leona Lopes

Cartões amarelos: Otávio, Kaíque, Felipinho e Paulo Rafael (Paragominas); Djalma e Kevem (Remo)

Gols: Kevem, de bicicleta, aos 23 minutos do 1° tempo para o Remo; Michel, de falta, aos 41 minutos do 1° tempo para o Paragominas

Local: Arena do Município Verde, em Paragominas

Classificação do Parazão 2019

Grupo A1

1° Remo: 10 pontos

2° Bragantino: 6 pontos

3° Castanhal: 5 pontos

4° Águia: 5 pontos

5° São Francisco: 4 pontos

Grupo A2

1° Paysandu: 13 pontos

2° Paragominas: 10 pontos

3° Independente: 10 pontos

4° Tapajós: 5 pontos

5° São Raimundo: 1 ponto

                                                                           Por Fábio Relvas / Foto: Júnior Borges – Ascom

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios