Parauapebas: Mãe morre ao ser baleada junto ao filho

Francisca Justina de Carvalho, de 50 anos, morreu na manhã de segunda-feira (25), após ser atingida por disparos de arma de fogo, um deles na cabeça. A vítima estava com o filho, José Nildo de Carvalho, que também foi atingido, mas foi socorrido em estado grave pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e está no Hospital Geral de Parauapebas.

José Nildo de Carvalho foi hospitalizado em gravidade

O crime aconteceu na Rua São Luiz, no Bairro Primavera, em Parauapebas. Segundo informações de vizinhos, o autor dos disparos, ainda não identificado, entrou na casa das vítimas com a justificativa de estar fazendo uma pesquisa sobre a Covid-19. Até o momento, a polícia não tem informação do paradeiro do executor e nem sobre a motivação do crime.

Uma das vizinhas de Francisca conta ter achado estranho o ocorrido, afirmando que a vítima é “mulher da igreja, uma senhora que é da Assembleia, aparentemente não se tem nenhuma notícia que mexe com alguma coisa, ou, o filho, muito estranho. Tá todo mundo sem entender”.

A mulher foi executada a tiros

Palmares II

Outro homicídio registrado nesta segunda está sendo investigado em Parauapebas, ocorrido na Palmares II. Irisvan Lima da Silva, o Corro, também foi morto a tiros.

Conforme a Polícia Militar, três indivíduos não identificados cercaram a residência da vitima. Dois deles pularam o muro da casa e efetuaram três disparos de arma de fogo em Irisvan Lima, que morreu no local. Os três fugiram em seguida.

Após os levantamentos de praxe realizados pela equipe do Departamento de Homicídios da 20ª Seccional de Polícia Civil, o corpo da vítima foi removido pela equipe do IML e encaminhado para necropsia no Centro de Perícias Científica Renato Chaves de Parauapebas.

Assim como no crime ocorrido mais cedo, não há informações sobre a motivação ou autoria.  (Theíza Cristhine – com informações de Ronaldo Modesto)

Em outra situação foi morto Irisvan Lima da Silva
Fonte: Correio de Carajás

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios