Parauapebas: Trio mata jovem a pauladas

A equipe da Divisão de Homicídios da Polícia Civil de Parauapebas investiga a motivação e tenta identificar os três responsáveis pela morte de Devid Filho da Luz Silva, de 18 anos, atacado a pauladas na noite do último domingo (29), no Bairro Liberdade.

O pai dele, Ronildo da Luz Silva, afirma que há fortes suspeitas sobre quem são os envolvidos no crime, isso porque o filho já havia estado na delegacia anteriormente por confusão envolvendo uma garota.

De acordo com Ronildo, no domingo Devid retornava da casa da mãe, por volta das 23h30, quando encontrou algumas conhecidas com quem parou para conversar. Ele já se despedia delas quando foi cercado pelos agressores, que atacaram o jovem a pauladas e cortaram o rosto dele.

“Parece que foi por causa da namorada, dessa menina mais jovem. Os caras são uns indivíduos que têm lá, a polícia apreendi direto, mas aí acontece que solta, entendeu? É um pessoal lá, uns três moleques e uma menina. Essa já passou várias vezes aqui pela delegacia, mas aí não teve a solução pra esse problema, né? Eu mesmo já vim várias vezes aqui na delegacia, ela fazendo ocorrência contra ele (filho), aí chegou nisso”, disse, sem explicar em detalhes qual era o problema entre o filho e a garota em questão.

Ao sofrer as agressões, a vítima seguia para o Bairro Ilha Tropical, onde vivia com o pai. Ronildo, inclusive, foi o responsável pelo socorro do filho. “Ele foi socorrido e levado pro hospital. Pelo que eu vi lá parece que foram duas pauladas e cortaram o rosto dele. Eu cheguei na hora, peguei, botei no carro e levei pro hospital. Eu conduzi. Na chegada do hospital já estava falecendo”, lamentou. Devid trabalhava em uma auto elétrica.

Fonte: Correio de Carajás (Luciana Marschall e Tina Santos – com informações de Ronaldo Modesto)

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios