Pesquisa Ibope: governo Simão Jatene é reprovado por 40% e aprovado por apenas 18%

Percentual dos que avaliam o governo como 'regular' é de 35%. Foram ouvidas 812 pessoas entre os dias 13 e 16 de setembro; margem de erro é de 3 pontos percentuais.

Pesquisa Ibope divulgada na última segunda-feira (17) mostra os seguintes percentuais de avaliação do governo de Simão Jatene (PSDB):

  • Ótimo: 4%
  • Bom: 14%
  • Regular: 35%
  • Ruim: 9%
  • Péssimo: 31%
  • Não sabem avaliar: 7%

A pesquisa foi encomendada pela TV Liberal. É o segundo levantamento do Ibope realizado depois da oficialização das candidaturas na Justiça Eleitoral.

No levantamento anterior, feito de 15 a 19 de agosto, o percentual de aprovação de Jatene era de 18% e de reprovação, 38%.

Sobre a pesquisa

  • Margem de erro: 3 pontos percentuais para mais ou para menos
  • Quem foi ouvido: 812 eleitores de todas as regiões do estado, com 16 anos ou mais
  • Quando a pesquisa foi feita: 13 e 16 de setembro
  • Registro no TRE: PA-05447/2018
  • Registro no TSE: BR-08454/2018.
  • O nível de confiança utilizado é de 95%. Isso quer dizer que há uma probabilidade de 95% de os resultados retratarem o atual momento eleitoral, considerando a margem de erro
  • 0% significa que o candidato não atingiu 1%. Traço significa que o candidato não foi citado por nenhum entrevistado

Maneira de governar

A pesquisa também avaliou a opinião dos entrevistados sobre a maneira de governar de Simão Jatene (PSDB). Os resultados são os seguintes:

  • Aprovam: 32%
  • Desaprovam: 59%
  • Não sabem avaliar: 9%

Intenção de votos

A pesquisa Ibope divulgada na última segunda-feira (17) também mediu a intenção de votos na disputa pelo governo e senado do Pará.

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios