PF fecha madeireiras que desmatavam 4 mil m³ de madeira por mês dentro de terra indígena no Pará

Foram localizadas quatro madeireiras clandestinas, retirando ilegalmente madeira de área federal e comercializando a carga em municípios do Pará, estados do Nordeste, além do Rio de Janeiro.

A Polícia Federal fecha madeireiras e cumpre cinco mandados de prisão preventiva e mais cinco de busca e apreensão, nos municípios de Belém, Viseu e Santa Luzia do Pará, na manhã desta quinta-feira (30). A Operação Tenetehara desarticula esquema criminoso de extração e comércio ilegal de madeiras de terra indígena do Alto do Rio Guamá.

A Polícia Federal estima que eram retirados da área aproximadamente 4 mil metros cúbicos de madeira por mês. Esse carga representa um uma movimentação de aproximadamente R$ 2,2 milhões.

Foram localizadas quatro madeireiras clandestinas, retirando ilegalmente madeira de área federal e comercializando o produto do crime em municípios do Pará, estados do Nordeste, além do Rio de Janeiro.

De acordo com a PF, no período das investigações a Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semas) fiscalizou a área com o objetivo de apreender os produtos florestais extraídos de forma ilegal, bem como auxilar na coleta de provas dos crimes investigados.

Os investigados responderão, além dos crimes ambientais, pelos crimes de receptação qualificada, corrupção ativa e passiva, com pena máxima de até 12 anos de reclusão.

Fonte: G1 Pará

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios