Polícia Civil apreende 46 “Galos de Combate” em Santarém

Na ação, uma mulher foi presa por crime de maus-tratos a animais e multada em R$ 138 mil pela Semma

46 galos que eram usados em rinhas foram apreendidos pela Polícia Civil de Santarém, oeste do Pará, na manhã da última quarta-feira (29). Os animais conhecidos como “Galos de Combate” foram encontrados na residência de Maria Samara Santos dos Santos, no bairro Maicá. Ela foi presa com base na Lei de Crimes Ambientais, por maus-tratos a animais, segundo informações do Portal G1 Santarém e Região.

A Polícia chegou ao local que também era usado como rinha de galos, de forma eventual, a partir da investigação conduzida pelo NIP/NAI do Baixo Amazonas, sobre o envolvimento de Antônio Carlos Alves Barbosa Filho, conhecido como “Doutor”, em facção criminosa. O suspeito já respondia pelos crimes de tráfico de drogas e homicídio, e foi preso em Santarém há cerca de 15 dias.

Quando Antônio Carlos foi preso, a polícia encontrou em poder dele dezenas de esporas de aço, equipamento usado nas rinhas. As investigações sob o comando do delegado Silvio Birro tiveram continuidade e levaram ao pedido de busca e apreensão em endereços ligados ao preso. Em um dos endereços, foram localizados 46 galos. Entre eles, havia galo avaliado em US$ 3 mil.

A Polícia Civil acionou os policiais da 1ª Companhia Ambiental da PM e os fiscais da Secretaria Municipal de Meio Ambiente, que identificaram cinco galos com machucados recentes. E vários outros animais com cicatrizes por toda a parte do corpo, principalmente na região da cabeça e pescoço, indicando que foram submetidos a brigas.

De acordo com a polícia, no local também havia uma rinha confeccionada em madeira e pvc, além de dois cadernos com várias anotações de apostas e oito rolos grande de esparadrapos. Todo o material foi apreendido.

A esposa de Antônio Carlos, além de ter sido presa e autuada pelo delegado Kleidson Castro por crime de maus-tratos a animais, foi multada em R$ 138 mil pela Secretaria.Também participaram do cumprimento dos mandados de busca e apreensão, o superintendente regional de Polícia Civil do Baixo e Médio Amazonas, delegado Jamil Casseb e o diretor da 16ª Seccional Urbana de Polícia Civil, delegado Germano do Vale, informa o Portal G1 Santarém e Região.

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios