Polícia Civil prende duas pessoas e encontra 13 quilos de maconha enterrados em Ananindeua

A Polícia Civil do Estado do Pará prendeu na última terça-feira (23), duas mulheres acusadas de tráfico ilícito de drogas. Durante a operação, cerca de 13 quilos de maconha foram apreendidos. Segundo a Polícia, a droga estava enterrada no quintal de uma casa, em Ananindeua.

A equipe monitorava a ação de um homem, Adriano Ferreira, que estaria comercializando a droga em grande quantidade no local.  “Por volta das 17h terça-feira (23), a equipe visualizou o suspeito chegando, porém, ao perceber a aproximação da viatura, empreendeu fuga pulando o muro dos fundos da casa e conseguiu se evadir”, explicou o delegado Temmer Khayat, diretor de Polícia Especializada.

No veículo de Adriano, a equipe encontrou um tablete de maconha. Na continuidade da operação, a Polícia foi até uma casa, onde estavam Rosilene Pereira e Rayane Kobayashi, além de outros 23 tabletes de maconha enterrados no quintal da residência, pesando um total aproximado de 13 quilos.

A Polícia Civil também informou que constavam dois mandados de prisão em aberto contra Adriano Ferreira.

Fonte: Agência Pará

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios