POLÍCIA: Dois homens são executados na Zona Rural de Parauapebas

A Polícia Civil em Parauapebas está encarregada de investigar um duplo assassinato ocorrido na última segunda-feira (19), por volta das 17 horas, na localidade conhecida como Vicinal do Manoel ou Rio Novo, distante uns cinco quilômetros da Vila Palmares II, zona rural de Parauapebas. As vítimas foram identificadas como Manoel Dourado Magalhães, 56 anos e Antônio Ferreira Basto, 57 anos.

Os policiais militares cabo Eliel e soldado Breno foram os primeiros a chegarem ao local e preservaram a cena do crime até a chegada da Polícia Civil e profissionais do Instituto Médico Legal (IML). Tanto Manoel Dourado, como Antônio, foram encontrados no interior de uma casa com mãos amarradas para trás – por fio de carregador de celular e corda – , deitados ao piso da casa e com ferimentos na cabeça provocados por tiros.

Às vítimas foram encontradas mortas e amarradas

A reportagem conversou com a esposa de Manoel Dourado, a senhora Maria Rodrigues de Sousa. Ela informou que a última vez que ouviu a voz do marido foi por meio de uma ligação. “Ele me ligou às 13 horas para saber como eu estava. Eu estava cuidando dos meus pais em Parauapebas, daí meu marido me falou de uma carona na Palmares II, mas minha filha me trouxe. Quando eu chego, me deparo com uma cena dessa. Não sei afirmar o que pode ter motivado essa tragédia”, disse Maria.

No interior da residência havia bastante bagunça em gavetas e outros móveis, dando a entender que mais de um assassino teria entrado ao local. Testemunhas serão ouvidas nesta semana para que a polícia tente editar uma linha de investigação.

Foto de documento: Antônio Ferreira Basto
Foto de documento: Manoel Dourado Magalhães

Fonte: Papo Carajás por Vinicius Nogueira

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios