Ponte sobre o Rio Moju será liberada para tráfego no dia 31 de janeiro

A  nova data de entrega da nova Ponte Rio Moju, no complexo Alça Viária, está definida: 31 de janeiro. O anúncio foi feito pelo governador Helder Barbalho no último domingo (19), após mais uma vistoria às obras feita pela equipe de governo.

Neste final de semana foi finalizada a última etapa da estrutura, com a concretagem das lajes do tabuleiro (pista) da margem direita. A partir desta semana, a obra entra na fase de acabamento, com a instalação dos aparelhos de apoio de extremidades, concretagem dos guarda-rodas e pavimentação asfáltica, sinalização e realização dos ensaios dinâmicos, para avaliar o desempenho estrutural da ponte e a proteção das fundações dos apoios, nos dois canais de navegação.

Governador esteve neste domingo conferindo as obras de pertoGovernador Governador  esteve neste domingo conferindo as obras de perto (Marcelo Seabra / Agência Pará)

“Estamos entrando na fase de conclusão com o trabalho de acabamento. No prazo que estipulamos, conseguiremos realizar os serviços com segurança para devolver à população uma importante obra”, frisou o secretário de Estado de Transportes, Pádua Andrade.

Após essa etapa, estará concluída uma das mais complexas e rápidas obras de engenharia do Estado, que restabelecerá o tráfego na Alça Viária, principal via de integração das regiões Metropolitana de Belém e nordeste ao sul e sudeste do Pará. “Estamos mostrando aos investidores que o Pará está interligado para receber investimentos e desenvolvimento. A conclusão da ponte vai permitir que nossos produtos circulem por todo o Estado com maior facilidade”, informou Iran Lima, secretário de Estado de Desenvolvimento Econômico, Mineração e Energia. A reconstrução do trecho de 268 metros da ponte gerou 550 empregos diretos e 450 indiretos.

Reportagem de Thiago Souza da Silva

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios