DestaqueEconomia

Preço da gasolina deve reduzir nos próximos dias

Em 2018, o valor do combustível cobrado pelos postos de gasolina chegou a assustar os consumidores. Parauapebas, foi o segundo município do Pará a cobrar o valor mais caro no litro de gasolina, que chegou a ultrapassar R$5,00.

O valor do combustível atrapalhou o orçamento familiar e muitas pessoas foram obrigadas a mudar suas rotinas visando a economia. Alguns optaram por deixar seus veículos na garagem e aderir a caronas, usar transportes públicos ou resgatar hábitos saudáveis como “andar de bicicleta”.

Mas uma boa notícia foi anunciada última quarta-feira (26) relacioando ao valor do combustível. A Petrobrás fez um corte no preço médio do litro da gasolina de 4% e começou a valer nesta quinta-feira (27), onde o litro da gasolina foi comercializado a R$ 1,5554. A partir desta sexta-feira (28), a estatal vai reduzir mais 3%, passando a comercializar o litro da gasolina sem tributos nas refinarias por R$1,5087.

É preciso ficar atento para perceber o reflexo dessas reduções nos atuais valores cobrados nos postos de combustível do município. O consumidor sentirá a diferença na suas finanças?

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios