PREFEITURA DO ABANDONO: Sem transporte escolar, alunos andam vários quilômetros para ir à escola em Parauapebas

Alunos da escola “Janela para o Mundo” em Parauapebas, denunciam que estão sem utilizar transporte público,  ônibus escolar.

Segundo os estudantes, o veículo que deveria fazer esse tipo de serviço, nas comunidades, não está transportando os estudantes, não houve uma explicação oficial por parte da administração pública sobre os ônibus que deveriam transportar os estudantes.

Esse problema tem causado muitos transtornos aos alunos que precisam caminhar à pé de casa até à escola. Muitos estudantes chegam a gastar mais de duas horas para completar o trajeto.

Insegurança

Quem mora em locais mais distantes tem que enfrentar outro problema pela ausência do transporte escolar, o risco de ser assaltado ou mesmo sofrer outro tipo de violência durante o longo percurso. “ Fico com medo de algum tarado atacar minha filha pois ela chega sempre no início da noite em casa” afirmou angustiada uma mãe.

Em Parauapebas, várias denúncias contra a Secretária Municipal de Educação (Semed) ocorre na cidade. A população Parauapebense está sofrendo nas mãos do poder público. Nossa equipe de reportagem, recebeu várias denúncias sobre a situação de muitos ônibus escolar que continuam abandonados em um local, considero de “Cemitério dos ônibus”.

ÔNIBUS ESCOLAR, CONTINUAM ABANDONADOS EM PARAUAPEBAS

“A falta de compromisso dessa prefeitura com o povo é muito grande, minha filha chega em casa cansada, eu tô muito revoltada, já não sei o que fazer”. Relatou uma mãe de aluna.

Nossa equipe de reportagem não conseguiu contato com o Secretário de Educação para falar sobre o assunto.

Clique aqui e assista o vídeo dos alunos denunciando.

Fonte: Direto da Redação do Portal do Carajás

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios