DestaqueParáPolícia

Quadrilha especializada em fraudes bancárias pela internet é desarticulada no Pará

A Polícia Federal deflagrou na manhã desta terça-feira (4), a operação “BR-153” para desarticular uma associação criminosa especializada na prática de fraudes bancárias eletrônicas, via internet banking.

De acordo com a Polícia Federal, estão sendo cumpridos 12 mandados de busca e apreensão e outros quatro mandados de prisão preventiva nos estados do Pará, Tocantins, Goiás e Distrito Federal.

O grupo atuava no esquema desde 2012 usando a rede mundial de computadores e roubando valores de centenas de contas bancárias de diversos bancos. O montante do prejuízo causado ultrapassa os 800 mil reais.

FORMA DE ATUAÇÃO

Os criminosos se passavam pela instituição financeira, criavam páginas idênticas as dos bancos para obter dados pessoais e senhas das vítimas através de programas de captura de dados. Apenas de posse das informações eles furtavam a quantia em dinheiro dos clientes, pela internet.

Bens e valores dos investigados ficarão indisponíveis a pedido da Justiça. Além do sequestro de automóveis de luxo utilizados por eles.

(Com informações da Polícia Federal)

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios