DestaqueEsportes

Remo vence o São Raimundo em Santarém e assume liderança do Grupo A1 do Parazão

O Leão Azul estreou com o pé direito e somou os três primeiros pontos no estadual

Finalmente o Clube do Remo fez a sua estreia no Campeonato Paraense de 2019. Na noite deste sábado (26), o Leão Azul, atual campeão do estado do Pará, encarou o São Raimundo no Estádio Jader Barbalho, o Barbalhão, em Santarém. Os azulinos que buscam o bicampeonato venceram, por 2 a 0, e assumiram a liderança do Grupo A1 da competição, com três pontos na classificação. Os gols foram assinalados por Samuel, aos 36 minutos do primeiro tempo e Rafael Jensen, aos 30 minutos do segundo tempo.

Apesar de atuar fora de casa, o Remo impôs um ritmo de jogo bem mais forte que o adversário. Em uma bobeira da zaga do Pantera, o atacante Henrique cruzou para Mário Sérgio, que não alcançou a bola, mas a jogada levou perigo, levantando da torcida remista nas arquibancadas do Estádio Barbalhão. O atacante Henrique, chamado “Joia Rara”, começou o jogo se movimentando bastante e, em uma arrancada pela direita, cortou para o meio e chutou, parando na defesa do goleiro Jhones que mandou para escanteio.

O volante Robson acabou se machucando e deu lugar a Diogo Sodré no meio campo do Leão. Melhor em campo, o Remo abriu o placar, quando o meia Samuel recebeu, se livrou da marcação e mandou um chutaço de fora da área; o goleiro Jhones tocou na bola, que ainda bateu na trave e entrou, 1 a 0, aos 36 minutos. O meio-campo Samuel comemorou com muita emoção, se ajoelhando no centro do gramado e chorando bastante ao assinalar o primeiro gol com a camisa do Leão.

(Foto: Naum John)

Os azulinos quase ampliaram o marcador, quando Henrique tocou para Dedeco e o meia remista disparou um chute colocado, a bola passou muito perto da meta do goleiro Jhones. No segundo tempo, os dois times erraram muitos passes e o nível da partida caiu. O técnico João Neto, o Netão, trocou o atacante Henrique por Gustavo Ramos, outro homem de frente. Na primeira bola que recebeu, Gustavo Ramos chutou forte e mandou para fora, quase ampliando para o Remo.

O Leão Azul chegou ao segundo em bola parada. Após cobrança de escanteio, o zagueiro Rafael Jensen subiu no último andar e testou firme para o fundo do gol, aos 30 minutos, 2 a 0, e festa do Fenômeno Azul que compareceu em Santarém. O desespero bateu nos jogadores do Pantera, que tentou diminuir no chute de fora da área, mas o chute de Guilherme Moller passou muito longe da meta do goleiro Vinícius. Placar final: São Raimundo 0 x 2 Remo.

Após a derrota, a torcida alvinegra cobrou melhores resultados do time santareno, que até o momento segue sem vencer no Parazão. O São Raimundo perdeu escalado pelo técnico Vladimir de Jesus com o futebol de: Jhones; Jomerson Tiningu, Rubran, Guilherme Moller e Eusébio; Iago Emanuel (Charles), Rodrigo Vitor (Joãozinho), Glauber e Jeová; Eric e Raí (Wanderley).

Já o Clube do Remo saiu da cidade de Santarém satisfeito com os três primeiros pontos em sua estreia no Campeonato Paraense. O time do técnico João Neto, o Netão, venceu bem o adversário escalado com o futebol de: Vinícius; Djalma, Mimica, Rafael Jensen e Tiago Félix; Robson (Diogo Sodré), Dedeco (Vacaria), Wallacer e Samuel; Henrique (Gustavo Ramos) e Mário Sérgio.

(Foto: Naum John)

Classificação do Parazão 2019

Grupo A1
 Remo: 3 pontos
 Águia: 1 ponto
 Bragantino: 0 ponto
 Castanhal: 0 ponto
 São Francisco: 0 ponto

Grupo A2
 Independente: 6 pontos
 Paragominas: 6 pontos
 Paysandu: 3 pontos
 Tapajós: 3 pontos
 São Raimundo: 1 ponto

Fonte:Por Fábio Relvas
Foto: Naum John

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios